31 outubro 2012

Sou gorda e me odeio por isso


Oi garotas, só recebi alguns emails de vocês pedindo ajuda sobre esse assunto, mas como eu sempre sofri bullying por ser gorda resolvi ajudar vocês a vencerem como eu consegui! O email a seguir foi mandado pela A.M.:



"Oi Tuanny, a alguns meses eu comecei a engordar. Eu sempre consegui me controlar quando o assunto era comida, mas tive um inicio de gravidez psicológica (gravidez psicológica é quando a pessoa se convence estar grávida e começa a fazer coisas como se estivesse grávida) e comecei a comer sem parar. 

Por conta da doença engordei 30 quilos e agora não consigo perder, mas na realidade nem sei se quero, eu me sinto bem assim, mas por outro lado me odeio porque eu era popular no colégio e agora eu faço parte da turma das garotas que passam o intervalo na cantina (apesar de eu não fazer isso). 

Me ajude, é possível eu ficar bem comigo mesma e parar de me odiar pelos quilos que ganhei? Como vencer esse bullying?"

Oi A.M. eu passei pela mesma coisa que você durante anos, meus colegas me chamavam de bola de gordura, vadia nojenta, baleia atolada entre várias outras coisas. 
   
Não engordei por conta de uma gravidez psicológica, engordei porque devorava doces e frituras quase todos os dias e a minha mãe não estava em casa para me dizer que aquilo era errado. 
   
Durante anos minha mãe me levava em endocrinologistas e eu sempre começava a dieta a todo vapor, mas parava porque gostava de comer de tudo e sem uma quantidade estipulada. 
   
Mudar de escola não adiantava, toda escola era a mesma coisa! Então cansada daquela situação eu faltava a escola todos os dias e assim eu repeti. 
  
Depois disso eu resolvi mudar a minha vida por completo, passei a me dedicar no colégio e a me amar do jeito que eu era. A partir do momento que eu comecei a me amar, automaticamente o bullying não fez mais efeito porque eles me chamavam de bola de gordura e eu pensava "Eu sou linda e é isso o que importa". 
   
Talvez eu não fosse realmente linda, mas quando pensava assim o bullying não me incomodava mais e quando os meus colegas perceberam que os apelidos não me incomodavam mais foram parando aos poucos e procurando me conhecer pelo o que eu era e não pela minha forma fisica. 
   
Eu falei com a minha mãe e ela me disse que eu poderia continuar o meu estilo de vida desde que isso não prejudicasse a minha saúde. 
   
Agora eu comecei a fazer academia porque eu quero emagrecer, mas não porque os outros me chamam de baleia assassina ou Adele da 25 de março. 
   
A Adele é gorda e olhe onde ela está, é uma das cantoras mais talentosas e famosas do mundo e influencia uma geração toda de gordinhas a se amarem. 
   
Se você se sente bem assim converse com a sua mãe e se convença, você é linda independente da sua forma fisica, porque o que vale são as nossas atitudes e sentimentos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE A URL DO SEU BLOG. Ás vezes eu demoro para responder por conta da faculdade. Seja respeitoso, caso contrário, o seu comentário será excluído! Obrigada pela visita :)