25 agosto 2013

Porque eu amo os meus quilinhos a mais



    Esse post é uma improvisação total que eu estou escrevendo em um momento de revolta mesmo, palavra perfeita para descrever o meu estado de espirito. 
    Estava no twitter a uma hora atrás e um amigo dos velhos comentou: "Curto peitos grandes, aqueles airbags hahaha, não fiquem bravas, garotas, não sou nenhum tarado maluco".
    Para brincar com ele eu disse com uma mention para ele, ou seja, para mais ninguém diretamente: "O bom é que quando eu comprar meu fox vou economizar com airbags."
    Daí, mas é claro, tem que entrar aquela pessoa (escrota) nada a ver no meio da conversa e ir comentando sem ser chamada: "Se toca, querida, seus peitos só parecem airbags porque você é uma elefanta ignorante."
     Naquele primeiro momento de baque eu tirei print de tudo e fui logo escrevendo que ia colocar a pessoa no xadrez e que ia destruir a vida dela, então veio na minha cabeça a seguinte pergunta: "Você acha que vingança agrada a Deus?"
     Então eu parei e pensei em como Deus têm sido maravilhoso comigo e bateu a inspiração para esse post. Já não é a primeira vez que me zoam por causa da minha forma física (já deve ser a milésima), mas até quando eu vou deixar isso me afetar de forma negativa?
      Sei que tem muitas garotas por aí que passam pelo mesmo e por isso resolvi escrever porque amo o meu corpo e porque não vejo nada demais em ter uns quilinhos a mais.

  • Tomamos refrigerantes com prazer, não com culpa, os saboreamos.
  • Como doces de monte e não passo mal de tanto malhar no dia seguinte.
  • Homem que gosta de osso é um cachorro disfarçado. 
  • Como pizza sem nenhuma culpa.
  • Não preciso ficar com a calculadora na mão o dia todo contando calorias.
  • Os garotos gostam de mim pelo o que eu sou e não porque sou gostosa. 
  • Ser gorda não me impediu de ter leitores e ouvintes. 
  • Se Deus me ama assim, por que eu vou querer mudar?
  • Estou feliz com o meu corpo. E você que fica nas saladinhas, está feliz com o seu?
  • Nunca vou precisar colocar silicone (olha a indireta!). 
  • Quem realmente se importa comigo está pouco se importando com os meus quilos a mais. 
  • Tenho uns quilinhos a mais, mas tenho saúde e isso é o que importa.
     Espero que muitas garotas leiam e se identifiquem. Se esqueci algum item e você também se ama e quer completar o post, comente! Nada contra as magrinhas, mas hoje resolvi ajudar as garotas do meu time. Tem muita gente magra que come, come, come e nem por decreto engorda (minha avó é assim), se ame pelo o que você é, e não pelas regras de beleza da sociedade.

Beijos :D

9 comentários:

  1. Ótimo post!
    Sou totalmente contra a ditadura da magreza, que tenta empurrar goela abaixo que só quem é esquelética é que é bonita e aceita nos " padrões da sociedade".
    Tenho 1.75 e 62 kg, não sou gorda, mas não sou magra, tenho curvas e amo cada uma delas.

    Bjs!

    http://detudoumpouco28.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. que cara filho da mae vey
    bom nao vou dizer muita coisa afinal sou magra mas sem muita neura
    nao tnho dessas de academia e calculadoras graças a Deus
    eu conheço muitas gordinhas gatas com curvas muito melhores do que mulheres que vao na academia
    entao nao ligue pra torcida
    a sociedade é so mais uma dessas coisas d merda que inventaram


    paraomaridinho.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Que linda você *-*

    beijos, @esteffanifontes (twitter&instagram)
    http://blogesteffanifontes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. parabéns pelo texto, eu realmente fico feliz quando leio algo assim, alguém se amando é tão lindo de se ver, pois nos dias de hoje é tão dificil né?! parabéns, espero mesmo que muitas leiam, e gostem, assim como eu

    Beijos
    http://heyealaysa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Lindo texto! Acho que devemos realmente gostar de nós como somos, esquecer a ditadura da "beleza igual", temos apenas que nos preocupar com nossa saúde. Ótima Semana, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    paisagemdejanela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo joia?!

    Sabe, não dê ouvidos pelo que dizem.
    Eu sou magrela, rs, e também me deixam prá baixo por isso.
    Falo sempre que gostaria de ser mais cheinha, e do mesmo jeito que
    você se sente quando falam algo a mais, eu também me sinto quando chegam em mim e falam: "Nossa, desse jeito você vai voar!!!"
    Mas o que posso fazer, esse é meu físico e tenho que agradecer por ser assim e ter saúde!!! Pense nisso, você tem saúde e isso é o importante!!!

    Já estou te seguindo...
    Segue o meu tbm, eu iria adorar!!!
    http://manyelly.blogspot.com.br/
    Sucesso para você!!!
    Bjo

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito do post.
    Sempre tem umas pessoas que se escondem atrás do computador para falar mal de outras.
    Não se importar é o melhor jeito de "se vingar" (não consegui encontrar a palavra certa).
    Beijos, Aline
    http://24diasdeprimavera.wordpress.com

    ResponderExcluir
  8. Valeu por seguir *-* Você tá mais que certa cara, se você tá feliz com seu corpo, FUCK OFF, deixa falarem, eu já passei por isso quando era gordinha e eu não tive seu pensamento :c nem imagine o tanto de problemas que isso me causou! Seja sempre assim, feliz com o que tem! Afinal de contas que importa é a beleza interior u.u (apesar de você ser muito bonita, hum!)

    ResponderExcluir

DEIXE A URL DO SEU BLOG. Ás vezes eu demoro para responder por conta da faculdade. Seja respeitoso, caso contrário, o seu comentário será excluído! Obrigada pela visita :)