20 novembro 2013

Acabou o tempo da inocência?


   Esses dias eu estava vendo um programa sobre o caso daquela menina com o professor "carinhoso" (observem as aspas) e então eu me questionei: Será que as nossas crianças de hoje não tem mais direito á inocência?


    A apresentadora do programa estava contando que os filhos dela fazem natação e que um dia ela chegou mais cedo e que ficou vendo a aula das crianças pequenininhas, então uma menininha de dois anos e meio saiu da piscina e o professor a pegou no colo, começou a beijá-la no pescoço e arrumar o seu maiô nas partes intimas.
     E a mãe da garotinha na inocência disse que o professor toda aula era carinhoso assim com a sua filha, então eu comecei a me perguntar: Será que um descuido de nós, adultos, pode custar como um trauma para nossos filhos?
     Vou compartilhar aqui uma experiência própria que até hoje eu meio que escondi, mas eu espero mesmo que várias mães leiam esse meu depoimento e percebam que todos estamos sujeitos a encontrar pessoas desse tipo e por isso precisamos ensinar nossas crianças a se defender desde cedo:

   Não me lembro o ano certo, só me lembro que tinha menos de dez anos, e por causa do bullying agressivo por parte dos meus colegas, eu comecei a fazer amizade com os funcionários e um deles era o cantineiro. 
    Por causa do judô e da capoeira eu almoçava na escola na maior parte da semana e sempre conversava com ele nesse período. Um dia eu estava lá e ele me perguntou:

- Você gosta de salsicha?

Eu na minha inocência disse:

- Gosto

Então ele perguntou:

- Você quer uma salsicha?

E eu disse: 

- De graça? Porque acabou toda a grana.

E ele:

- De graça!

   Então ele pegou a minha mão e colocou no seu pênis e ficava fazendo movimentos com a minha mão, eu era boba, mas nem tanto, por isso eu saí correndo e liguei para a minha mãe.

    Até hoje eu sou traumatizada e durante um bom tempo eu senti medo de garotos tocando no meu corpo e sempre que rolava uma ficada com uns amassos eu normalmente bebia um gole de Amarula (um uísque) para relaxar.
    Uma coisa que para um adulto pode parecer insignificante, pode mudar a vida de uma criança. Vocês acham que as crianças perderam o seu direito a inocência?


Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE A URL DO SEU BLOG. Ás vezes eu demoro para responder por conta da faculdade. Seja respeitoso, caso contrário, o seu comentário será excluído! Obrigada pela visita :)