28 dezembro 2014

Um ponto final



Eu me vejo em um poço sem fundo por te amar demais, eu queria nunca ter te conhecido, não nessa vida pelo menos. 



As nossas idas e vindas fazem eu me sentir um lixo, eu me pergunto se eu me sinto tamanho lixo porque você foi o único na minha vida até hoje.

Eu não posso te mudar para o que eu considero um companheiro perfeito e gostaria que você não fizesse o mesmo comigo, mas eu te amo tanto que acabo fazendo sem você pedir.

Me perdoe por todas as vezes que você pediu que eu me casasse com você e eu acreditei e quando você contou que era uma piada eu te virei a cara por semanas.

Diferente de você eu sei pedir perdão, até por coisas que eu não tenho culpa nenhuma, eu queria conseguir ser como você, mas não consigo.

Só tenho capacidade para ser eu mesma do seu lado, sem máscaras, sem falsidade, apenas a pura verdade, deve ser porque com você eu aprendi a amar.

Também aprendi a me machucar e mostrar felicidade no rosto, não parecer abatida e seguir como se não tivesse sido magoada, apesar de estar morrendo por dentro.

Infelizmente o nosso relacionamento pede um ponto final urgente, mas eu não consigo escrevê-lo. Como um último favor para mim, se achar que eu sou merecedora, o escreva por mim.

Eu já te amei demais!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE A URL DO SEU BLOG. Ás vezes eu demoro para responder por conta da faculdade. Seja respeitoso, caso contrário, o seu comentário será excluído! Obrigada pela visita :)