13 julho 2015

Blogagem coletiva - O que eu queria ser quando crescesse



Oi gente, antes de começar o post eu quero dizer que o meu post do mês de junho foi selecionado e que isso que faz tudo valer a pena. Eu me dedico muito ao blog e fico feliz quando gostam do conteúdo que eu posto.

Leia o post e comente sobre ele, caso contrário seu comentário será excluído 

Agora vamos ao que interessa, esse mês eu escolhi o tema "O que eu queria ser quando crescesse" dos quatro temas que os administradores do Blogs que interagem deram.

Quem nunca ouviu essa pergunta no colégio ou nas festas de família? Eu ouvi muito e me decidi bem cedo sobre o que queria ser: Ginecologista obstetra.

Eu só escolhi essa profissão porque eu achava muito bonitinho a mãe entrar como uma só na sala de parto e sair com uma "mini versão" dela.

Eu queria ser cantora também, mas esse não era o principal sonho porque minha mãe sempre deixou bem claro que arte no Brasil é a mesma coisa de a gente tentar pegar bichinho de pelúcia naquela máquina, quase impossível.

Eu segui esse sonho até que entrei na sexta série e veio as equações e eu vi que eu não nasci pra exatas. Então eu fiquei um bom tempo investindo na carreira de cantora e decidi que não iria para a faculdade.

Quando eu terminei o ensino médio eu achei que não seria tão mal fazer um curso técnico para me garantir, então apostei em informática e nessa época eu criei o blog.

Mas eu não tinha noção que informática era pura exatas e logo depois do primeiro mês eu desanimei muito, nessa época eu comecei a considerar ser escritora e comecei a me dedicar aos meus livros.

Quando eu não suportei mais o curso de informática eu larguei tudo para me dedicar ao blog e à minha carreira de escritora e, como um sinal, menos de um mês depois, eu assinei contrato com a Amazon.

Mas por conta da deficiência da minha mãe eu tive que começar a ir constantemente na faculdade acompanhá-la e às vezes assistia aulas e comecei a me apaixonar por direito.

Então eu resolvi me dedicar ao vestibular e reprovei lindamente da primeira vez, mas em 2014 eu comecei um cursinho e o resto vocês já sabem.

Então eu não realizei meu sonho de infância, mas isso não me entristece, porque eu arrumei novas paixões e eu estou muito feliz com as minhas escolhas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE A URL DO SEU BLOG. Ás vezes eu demoro para responder por conta da faculdade. Seja respeitoso, caso contrário, o seu comentário será excluído! Obrigada pela visita :)