12 outubro 2015

A escolha



Oi gente, hoje eu li o terceiro volume da coleção em um pouco mais de quatro horas e acho que não lia um livro tão emocionante há muito tempo.

Leia o post e comente sobre ele, caso contrário seu comentário será excluído

Não é emocionante no sentido que eu quis chorar, mas porque acontecem muitas coisas inexperadas e no final, apesar de ter ficado chateada com o rumo que alguns personagens tomaram, eu acho que não poderia ter sido mais perfeito.

  • Resenha:


Natalie saiu da competição e isso significa que só restam mais quatro candidatas, Kriss, Celeste, Elise e claro, America.

Meri tem certeza que não sente mais nada por Asper e que ama Maxon. Por outro lado o rei é totalmente contra a ideia de seu filho casar com uma menina da casta cinco.

Depois da proposta de America para melhorar Illéa ele está ainda mais furioso com ele e está fazendo de tudo para sabotá-la.

Maxon, apesar da insistência de seu pai,  não termina a seleção e muito menos dispensa America, mas diz que para terminar com tudo e pedí-la em casamento precisa ouvir que ela o ama.

Os ataques de rebeldes continuam piores do que nunca e um dia Maxon termina preso com Meri em um abrigo e quando estão a sós ele revela que seu pai sempre foi muito agressivo com ele e sua mãe e mostra as cicatrizes e um ferimento que ainda sangra.

Um dia dois rebeldes entram no palácio e pedem para conversar com Maxon e America em paz e então o homem revela ser descendente de Spencer Illéa e diz que não quer a coroa,mas o fim das castas e pede que Maxon se case com America.

Muito nervoso o príncipe diz que ele, e somente ele, escolherá a sua futura esposa e nada o influenciará. O dia da condenação está chegando e o príncipe, como é a tradição, presenteia cada uma das candidatas com jóias.

A condenação consiste em cada uma das candidatas condenar uma pessoa a um tempo na prisão e colocar a sua família na casta oito.

Mas quando chega a vez de America ela apenas condena o homem, mas não abaixa a casta de sua família, bem como lhe entrega suas jóias.

O rei fica muito bravo com essa atitude, mas o público fica feliz e por isso ele não a expulsa sem ao menos pedir o consentimento de Maxon.

Mas dá uma tarefa para as princesas, convidarem duas pessoas para um chá, pensando em destruir a única candidata da casta cinco assim.

Mas America impressiona quando convida a princesa da Itália para o chá e os dois países, que eram inimigos há séculos, fazem as pazes e o rei começa a ficar feliz com ela.

Mas quando tudo parece perfeito acontece algo com a sua família que a destrói por dentro e ela deixa o palácio por alguns dias.

Kiera Cass
Editora Seguinte
A escolha


Um comentário:

  1. Eu estou louca na trilogia. Ganhei o diário da seleção e não poso escrever nele, por que ainda não li os livros, hahahahahah.
    Adorei sua resenha, me deixou com mais vontade ainda de ler.

    www.detudopouco.com.br

    ResponderExcluir

DEIXE A URL DO SEU BLOG. Ás vezes eu demoro para responder por conta da faculdade. Seja respeitoso, caso contrário, o seu comentário será excluído! Obrigada pela visita :)