03 novembro 2015

Histerectomia - Por que eu quero fazer?



Há alguns dias eu comentei em uma rede social que eu estava esperando sair o resultado de alguns exames para, conforme for, entrar na justiça e lutar pela histerectomia.

Leia o post e comente sobre ele, caso contrário, o seu comentário será excluído

Nossa, ninguém aceitou que eu não quero ter filhos, que eu teria pouquíssimas chances de engravidar (nulas eu diria) mesmo se quisesse e que é perfeitamente normal as mulheres abrirem mão de seu sistema reprodutor quando ele causa só problemas.

Então eu decidi fazer esse post para contar um pouco mais sobre o procedimento e quais as chances de ele ser feito.

 O que é?

É uma cirurgia onde você retira todo o seu sistema reprodutor.

 Como é feita?

Pode ser vaginal ou abdominal. No caso eu só pesquisei mais sobre o método abdominal, é semelhante a cesariana só que ao invés do bebê você tira o sistema reprodutor.

 Tempo de recuperação

Fisicamente de duas a três semanas. Psicologicamente pode demorar uma semana ou meses.

 Quem pode fazer?

Mulheres com mais de dois filhos ou maiores de 25 anos.

 Exceções

Mulheres que têm câncer, tumor, endometriose e histórico familiar de câncer de colo de útero.

 E depois da cirurgia?

Tem mulheres que entram em depressão por consequência da falta de hormônios, outras vão direto para a menopausa. No primeiro caso você faz um tratamento com remédios até o corpo assimilar que deve entrar em menopausa.

 Meu caso:

Eu sofro com cólicas severas desde os nove anos de idade, quando comecei menstruar. Quando completei quinze anos de idade a duração da menstruação começou a aumentar mês a mês sem parar.

Eu já menstruei por três meses seguidos, tive anemia e usava fralda geriátrica para não deixar vazar, mas eu tinha que me trocar a cada quinze minutos.

Com dezoito anos eu comecei a tomar anticoncepcional e no primeiro ano funcionou perfeitamente, mas em seguida eu piorei muito, desde então eu já tentei usar diversos métodos, mas nenhum tem o mínimo efeito.

Já fiz exames, mas nunca descobri nada, mas até uma pessoa que não conhece nada sobre ginecologia percebe que eu sou toda errada.

Agora eu fiz um exame específico para endometriose e também tem muitas mulheres na minha família, quase a totalidade, que sofrem com diversos problemas ginecológicos e dessas quatro já morreram com câncer de colo de útero.


Espero que tenham compreendido


Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE A URL DO SEU BLOG. Ás vezes eu demoro para responder por conta da faculdade. Seja respeitoso, caso contrário, o seu comentário será excluído! Obrigada pela visita :)