09 junho 2016

Abrindo o meu coração porque o blog é meu



Oi gente, eu estou escrevendo esse texto no dia 9 de junho porque na verdade não sei o que fazer, eu estou me sentindo péssima de verdade, com medo e muito desanimada.

Leia o post e comente sobre ele, caso contrário, o seu comentário será excluído.

Para falar a verdade eu nem sei porque estou fazendo as provas da faculdade, eu nem sei o que quero da vida nesse momento.

Eu prometi para eu mesma que eu seria brilhante e hoje eu me ferrei em uma prova e estou surtando com isso. Tenho pedido um mísero sinal para Deus de que eu estou no caminho certo, mas tudo têm dado errado.

Cheguei em um ponto que cada vez que tentam levantar a minha autoestima eu tenho vontade de provocar bulimia.

Eu nunca me senti tão sozinha em toda a minha vida e esse negócio de não interiorizar o que falam é mais complicado do que parece.

Tudo o que eu sinto é enjoo, vontade de me afastar de todo mundo por um tempo, mas a minha consciência não me deixa nem fazer isso durante o meu sono.

Eu juro que se ouvir mais uma vez "Eu preciso estudar" da boca de alguém eu vou explodir e eu estou precisando explodir, nem que seja com um saco de pancadas.

Estou pensando que se eu pegar DP eu deveria trancar a faculdade, eu não sei qual é o meu problema, muitas pessoas estão morrendo para estar no meu lugar.

Já eu me sinto uma ingrata quando vejo que eu posso perder o futuro brilhante por causa de coisas bobas, mas que agora parecem grandes crateras no meu coração.

As pessoas não percebem que um simples "Eu preciso de ajuda" pode me fazer desabar agora, eu queria tirar uns dias, viajar, pensar em nada além de um mar a perder de vista e nos pratos que seriam servidos no jantar, mas a minha vida financeira está um caos.

Eu vejo a minha vida desabando em volta de mim e eu não posso fazer nada, sabe? Toda vez que eu estou feliz eu me pego pensando: O quanto eu vou me entristecer depois por estar feliz hoje?

Isso não é vida para ninguém e eu oro para a minha vida ser breve, sempre orei na verdade porque eu sei que o mundo é de sofrimento e eu não quero sofrer por quase 100 anos, para mim mais 10 anos já é muito...

As pessoas não percebem isso, não percebem que a cada dia eu acordo me sentindo um pouquinho mais morta, que a cada "cara de paisagem" que eu faço é porque eu estou em choque com tantas coisas querendo me jogar de cara no chão.

Eu sei que tenho que permanecer em pé, mas o é como se o meu corpo pesasse 100kg a mais a cada problema que me surge no caminho.

Esse é apenas um desabafo, então se você quiser falar de vitimismo, por favor, guarde as suas palavras para você, eu não tenho mais capacidade para aguentar nada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE A URL DO SEU BLOG. Ás vezes eu demoro para responder por conta da faculdade. Seja respeitoso, caso contrário, o seu comentário será excluído! Obrigada pela visita :)