09 agosto 2016

A felicidade é para quem sabe aproveitar



Sabe o que eu pensei quando vi seu nome na tela do meu celular? Quantas vezes eu esperei com esse aparelho na mão? Dormi agarrada à ele só esperando por esse momento? Nem eu sei calcular, você sabe, eu sou de humanas.

Leia o post e comente sobre ele, caso contrário, o seu comentário será excluído.

Então eis que você liga, eu já sabia que não era um pedido de desculpas ou, sequer, ouviria "Senti sua falta". Era só sexo, só uma esperança de se aliviar me usando.

Sabe de uma coisa? Desde que a gente se transformou em eu e você, apenas, eu aprendi a me valorizar, percebi que quero ir dormir do lado de um mesmo homem e todas as manhãs acordar e ouvir a respiração dele porque estou aconchegada em seu peito.

Hoje eu sei que você não passa de um garoto tolo com os hormônios à flor da pele. Eu percebi que sou mulher, quero me casar um dia, ter filhos e quero que eles tenham um pai presente, que os ame incondicionalmente, e qual é? Você não vai ser esse pai.

Cansei de deixar as oportunidades escaparem da minha mão como areia entre os dedos, a felicidade é para quem sabe aproveitar os momentos, aprecia pequenos gestos e se dá o seu próprio valor. Ignoro a ligação e te bloqueio prontamente, hoje eu sei quem sou e o que espero.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE A URL DO SEU BLOG. Ás vezes eu demoro para responder por conta da faculdade. Seja respeitoso, caso contrário, o seu comentário será excluído! Obrigada pela visita :)