06 outubro 2016

A realidade sobre a gravidez


*Texto por Angélica Cristina do Amarante

Observando o relato de algumas mães, fico pensando se eu sou normal mesmo. Eu não tenho ideia romantizada de gravidez, nem acho que seja tudo um conto de fadas. Mas também não é terrível como algumas mães contam.

Leia o post e comente sobre ele, caso contrário, o seu comentário será excluído.

Desde o começo (que aliás, foi difícil pra caramba), me senti extremamente feliz. Claro, sou estudante ainda, minha vida vai mudar, meu corpo já está mudando, isso realmente faz pensar se era a hora certa mesmo.

Porém, não deixei de ficar feliz com o meu bebê em nenhum momento, mesmo com os enjôos, perda de peso, etc. Pelo contrário, até agora, passaria por tudo novamente e com um sorriso bobo na cara. Não consigo ver lado ruim na maternidade... E sim nas pessoas, que quando vêem grávida na rua olham torto, como se o seu lugar não fosse ali.

A parte emocional também desgasta, a incerteza, ficar preocupada se você vai cuidar bem do seu filho, se o seu parceiro ainda gosta de você do mesmo jeito de antes. Tudo isso desgasta. Mas não é nenhum conto de terror... Os momentos felizes são mais frequentes.

Ser mãe é pra mulheres fortes. Respeito as opiniões divergentes e acredito que cada uma tem uma experiência.

Um comentário:

  1. É, também tenho esse pensamento, que não é tão bom, nem tão ruim quanto algumas pessoas pintam. Até por que, cada caso é um caso, né? E ser mãe, mãe de verdade, é realmente uma missão para as fortes. Tenha um dia abençoado, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    paisagemdejanela.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

DEIXE A URL DO SEU BLOG. Ás vezes eu demoro para responder por conta da faculdade. Seja respeitoso, caso contrário, o seu comentário será excluído! Obrigada pela visita :)