26 agosto 2017

Harry Potter e o Cálice de Fogo

 

Hello people, prosseguindo com as nossas resenhas de Harry Potter, hoje temos Harry Potter e o Cálice de Fogo, o quarto livro da série e um dos meus favoritos!

  • Resenha:
Numa sala Voldemort, o maior bruxo das trevas de todos os tempos, Rabicho, que na verdade se chama Pedro Pettigrew e viveu por anos disfarçado como o rato Perebas, e um terceiro homem discutem em uma sala uma forma de capturar Harry Potter para trazer o Lorde de volta à vida.

Um senhor idoso escuta a conversa por trás da porta e, quando Nagini, cobra de Voldemort, vai circular pela casa aparentemente abandonada ela traz as boas novas ao seu senhor. O terceiro homem abre a porta e convida o intruso para se juntar a eles.

Sem rodeios, Voldemort lança-lhe um Avada Kedrava e o velho cai morto. A quilômetros dali o bruxo Harry Potter, que agora tem 14 anos, acorda com uma dor insuportável em sua cicatriz em forma de raio, que ele carrega em sua testa desde a noite de 31 de outubro de 1981, quando ele tinha apenas um ano e, após Voldemort matar seus pais, ele tentou matar o pequeno garotinho.

Só que o feitiço rechecoteou e o acertou em cheio, por um tempo acreditaram que Voldemort tivesse morrido, mas a três anos atrás Harry o enfrentou quando o bruxo tentou roubar a pedra filosofal, algo que lhe traria de volta à vida e, somente nessa ocasião a sua cicatriz doera tanto.

Depois de muito pensar no que fazer, Harry decide enviar uma carta ao seu padrinho, Sirius Black que é um fugitivo de Azkaban que foi acusado de matar Pedro Pettigrew, mas que na verdade foi incriminado pelo próprio, contando o ocorrido.

No dia seguinte o garoto recebe o mesmo desprezo por parte dos seus tios, Válter e Petúnia Dursley, e do seu primo Duda, que agora está fazendo regime, mas tudo muda depois do café da manhã quando o seu tio lhe chama e conta que recebeu uma carta dos Weasley pedindo permissão para Harry ir assistir a copa mundial de quadribol com eles.

Muito a contragosto tio Válter permite que o sobrinho vá para a casa dos Weasley, que prometeram lhe buscar no dia seguinte, o problema é que os Dursley abominam a magia e os Weasley resolveram ir buscar Harry usando pó de flu.

Além de causar espanto nos tios, os gêmeos Jorge e Fred deixam cair algumas balas de caramelo que Duda pega e, ao comer, a sua língua passa a ter mais de um metro!

Assim que chega na casa do melhor amigo, Rony Weasley, ele também encontra a sua melhor amiga, Hermione Granger, e conhece os irmãos mais velhos da família, Carlinhos e Gui, que já se formaram em Hogwarts a uns bons anos.

No dia seguinte Fred, Jorge, Gina (a irmã caçula de Rony), Hermione, Rony, Harry e o senhor Weasley acordam 05h30 da manhã e vão até a chave de portal que os levará até o local onde vai acontecer a final da copa.

Chegando lá encontram Amos e Cedrico, sétimo anista de Hogwarts, Diggory e juntos eles usam uma chave de portal disfarçada de uma bota velha. O Sr Weasley trouxe uma barraca para todos, Gui, Carlinhos e Percy se juntarão a eles mais tarde, que por fora parece pequena demais, mas assim que Harry entra ele encontra ali um apartamento de três dormitórios!

Eles foram convidados por Ludo Bagman para assistir à Copa no camarote, então sobem até o topo do estádio e, lá em cima, Harry encontra uma elfa doméstica, Winky, que está guardando o lugar para o seu senhor.

O jogo começa e depois de algumas horas se encerra com a vitória do time Irlandês, apesar de Vitor Krum, apanhador da Bulgária, ter capturado o pomo de ouro e, com isso, ter conseguido 150 pontos para o seu time.

Após o jogo todos vão dormir, mas acordam pouco tempo depois, está uma confusão e o senhor Weasley manda os filhos irem para a floresta se esconder. Nessa hora Harry percebe que perdeu a sua varinha.

Poucos minutos depois, para o total pavor de todos os bruxos, alguém conjura a marca negra no céu. Os comensais da morte, seguidores fiéis de Lorde Voldemort, conjuravam essa marca toda vez que matavam alguém.

As coisas não estão indo bem, dias se passaram, Harry não recebeu uma resposta do padrinho, sua coruja Edwiges, que se encarregou de entregar a carta, não voltou e ele vai para Hogwarts pronto para começar o seu quarto ano letivo, apesar de todas as preocupações.

Chegando lá os alunos descobrem que os jogos de quadribol desse ano foram cancelados, para a tristeza de Harry que joga como apanhador da sua casa, Grifinória, pois em outubro acontecerá o Torneio Tribuxo.

O Torneio Tribuxo é uma competição entre as três maiores escolas de magia e bruxaria da Europa, Hogwarts, BeauxBatons e Durmstrang. Três campeões, um de cada escola, competem entre si em três tarefas e quem vencer tem glória eterna no mundo bruxo, além de ganhar mil galeões.

Por causa das mortes que ocorreram no último Torneio, agora só bruxos maiores de 17 anos poderão se inscrever. Harry pensa em como seria se fosse maior de idade e vencesse o Torneio.

Além dessa novidade, Olho tonto Moddy, ex auror do ministério da magia, se tornou o novo professor de Magia contra a arte das trevas. Logo na primeira aula o bruxo explica para os seus alunos tudo sobre as magias imperdoáveis: Cruciatus, Imperius e Avada Kedrava. Essa última não tem contra feitiço, causa a morte instantânea e o único sobrevivente à esse feitiço é Harry.

No último dia de outubro as meninas da BeauxBatons chegam e os meninos de Durmstrang chegam e, para a surpresa de todos, Krum está entre eles! Em Hogwarts Angelina Johnson e Cedrico Diggory se inscrevem para serem um dos possíveis campeões.

Finalmente chega a hora da seleção e quem o faz é um cálice cheio de labaredas azuis. Primeiramente ele solta um pergaminho com o nome da campeã de BeauxBatons, Fleur Delacour. Em seguida lança o segundo pergaminho contendo o nome de Vitor Krum da Durmstrang e, por último, o nome de Cedrico Diggory é sorteado.

Alguns segundos mais tarde as labaredas azuis ardem novamente e o Cálice libera um quarto, e inesperado, pergaminho contendo o nome de Harry Potter. O bruxo não se inscreveu, mas agora se tornou o campeão mais novo do Torneio Tribuxo e sabe que isso não é um bom sinal.

JK Rowling
Editora Rocco
Harry Potter e o Cálice de fogo 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE A URL DO SEU BLOG. Ás vezes eu demoro para responder por conta da faculdade. Seja respeitoso, caso contrário, o seu comentário será excluído! Obrigada pela visita :)